Como resgatar um animal

Ao avistar um animal que suponha ser abandonado proceda da seguinte forma:
 
  • Ofereça água e alimento assim que resgatá-lo
  • O interesse e a sofreguidão ao comer e beber já dará algumas indicações do tempo do abandono e da origem desse animal
  • Se não demonstrar nenhum interesse e estiver com aparência de ser bem cuidado, é muito provável que seja de uma residência ou de estabelecimento comercial na região próxima a do resgate. Nesse caso é melhor perguntar pela área se alguém conhece o animal antes de removê-lo do local.
  • Veja se tem coleira ou medalha com indicação de telefone ou endereço.
  • Se não conseguir encontrar sua origem e decidir levá-lo, tenha certeza de qual será seu próximo passo antes de resgatá-lo.
  • Nunca se deve resgatar um animal sem saber como vai acolhe-lo. Não conte que vai conseguir repassa-lo para uma ONG ou um protetor, a menos que tenha certeza de que isso irá ocorrer após fazer um contato.
  • Todos os protetores e ONGs estão normalmente lotados de animais e tem o direito de se recusar a abrigar mais um, embora lhes doa muito o coração, por não poder abrigar ou recolher mais um animal. Essa situação às vezes provoca ações puramente emocionais nos protetores, que abrigam de qualquer maneira e sem condições, colocando em risco a segurança de todos os que já estão sobre sua guarda.
  • Se estiver mal tratado ou com ferimentos evidentes, leve diretamente para um veterinário de sua confiança para avaliação